O fim da parceria com a Disney foi oficializado semanas após vários boatos circularem sobre a possibilidade de a editora abrir mão dos títulos

Luiz Gustavo Pacete
11 de junho de 2018 – 7h00

A Editora Abril oficializou, na sexta-feira, 8, o fim de uma parte importante de sua história. A empresa decidiu deixar de publicar no Brasil as HQs da Disney. A história da Abril está diretamente associada aos quadrinhos da Disney já que foi no ano de 1950 que a editora estreou no Brasil O Pato Donald que serviu como porta de entrada para leitura de várias gerações.

Mickey Mouse e a renovação de uma marca global

O fim da parceria foi oficializado semanas após boatos circularem em meios especializados sobre a possibilidade de a editora abrir mãos dos títulos. Em carta enviada aos assinantes, Ricardo Perez, responsável pelo departamento de assinaturas da Abril, afirmou que os quadrinhos deixam de circular a partir de junho. Perez alega que a decisão se deu em função de uma “revisão estratégica do grupo”.

A área de assinaturas no site da editora para quadrinhos da Disney já não existe mais. Em maio, a Abril já havia suspendido a publicação das coleções “Biblioteca Don Rosa” e “Coleção Carl Barks” que faziam parte de uma seleção de quadrinhos históricos dos personagens da Disney. Apesar de ainda não haver notícias sobre quem poderá assumir as publicações, especula-se que a Panini seja a mais cotada. A editora italiana já assumiu várias publicações outrora da Abril como as revistas da Marvel, por exemplo.

Fonte: Meio & Mensagem

Deixe seu comentário