Fogaça, Paola, Jacquin, Ana Paula, Ambrósio, Cris e Patrício Díaz

Carrefour, Camil, Cacau Show, Pomarola, Itaipava, Sky, Café Três Corações, Tim, Omo e CIF, estas duas marcas da Unilever, são os patrocinadores master da terceira temporada do MasterChef Profissionais, que começa na próxima terça-feira (21) e termina apenas em dezembro.

Cada uma foi comercializada pela TV Band por cerca de R$ 4 milhões.

Além dessas marcas, o programa conta ainda com a participação de Barilla, Etna, Azeite Gallo, UOL e algumas vinícolas do sul do país, em forma de merchandising. Nesses casos, as cotas variam entre R$ 1 milhão e R$ 2 milhões.

E quem também comemora o sucesso do reality show culinário é a Endemol Shine Brasil, dona do formato e que já tem o MasterChef como sua principal fonte de licenciamento de produtos, respondendo por 10% dessa área da empresa.

Coproduzido pela Band e Discoverty Home & Health, o programa alcança uma medida de 5 pontos de audiência e picos de 7,2 na TV, embora seja ainda assistido em diversas outras plataformas.

Com isso, embora mantenha seus números nas pesquisas de audiência, aumenta consideravelmente sua receita a cada nova edição.

Cris Moreira, que assumiu a direção Comercial da Band há apenas 20 anos, comemora sua chegada à emissora com um dos programas mais rentáveis da casa.

“O MasterChef já faz parte do dia a dia das pessoas, que comentam as vitórias, as eliminações, as provas e os pratos nas redes sociais ou na conversa com os amigos”, diz Moreira, que antes respondia pela direção Comercial da Record no interior de São Paulo, baseado em Campinas.

Apresentado por Ana Paula Padrão, a atração mantém a trica de jurados que consagrou o MasterChef, formada por Paola Carosella, Henrique Fogaça e Erick Jacquin, equipe ligada à diretoria artística e de conteúdo, comandada por José Emílio Ambrosio.

Conforme o diretor da atração, Patricio “Pato” Díaz, a novidade desta edição da competição é a separação dos candidatos por habilidades, promovendo embates de comida italiana, regional, vegetariana e confeitaria.

Ele revela também nesta temporada vai acontecer a maior prova da história do MasterChef, com 350 pessoas no jogo das estrelas da NBB, e uma prova desafiadora de se cozinhar no meio da natureza, sem equipamentos, com ingredientes locais e com os candidatos tendo inclusive de acender seu próprio fogo.

LICENSING

Estação MasterChef Júnior em shopping center

“Já é a marca mais importante da nossa área de Licenciamento”, garante Juliana Algarañaz, diretora geral da Endemol Shine Brasil.

Ela conta que já são 230 produtos licenciados com a marca, a maioria ligados à gastronomia, mas que os projetos também vão de ovo de granja até experiências em shopping centers e cruzeiro de navios.

Aliás, Juliana foi quem intensificou o projeto de expansão da área de Licensing na Endemol brasileira.

Recentemente, ampliou a equipe com a contratação dos executivos Renato Martinez como Content Sales Director, Nelson Rosa como Licensing Commercial e Rubens Ajzenberg como Brand Solutions.

Outras marcas de sucesso nessa divisão da empresa são Simon’s Cat e Black Mirror, lançados ainda em 2017.

Fonte: Blog do Adonis

Deixe seu comentário