A discussão sobre restrições à publicidade é rotineira e requer um acompanhamento constante. Além dos projetos de lei em discussão na Câmara e no Senado, grupos organizados que defendem regras restritivas têm atuado em outras frentes, tais como, o Executivo, o Judiciário e Imprensa (Comunicação).

Visando a defesa do direito de anunciar, um grupo de entidades se uniu com o objetivo de defender:

  • Liberdade de Expressão
  • Liberdade de escolha
  • Comunicação ética e responsável
  • Livre iniciativa
  • Responsabilidade dos pais nas decisões que envolvem os filhos

A publicidade responsável e ética une empresas e entidades em torno da autorregulamentação das práticas publicitárias e do fortalecimento dos marcos regulatórios já existentes (ECA+CDC+CONAR).

Deixe seu comentário