The Walt Disney Company compra Fox por US$ 52,4 bilhões

Categoria: Notícias

A The Walt Disney Company anunciou nesta quinta-feira (14) a aquisição de uma parte importante da Fox por US$ 52,4 bilhões, além de assumir uma dívida de US$ 13,7 bilhões, que eleva o total da transação para US$ 66,1 bilhões . Estão no pacote as empresas 21st Century Fox, Fox Searchlight Pictures, Fox 2000, bem como o estúdios de TV, os negócios de TV paga e as operações internacionais do grupo.

A compra inclui grandes franquias de entretenimento como X-Men, Avatar, Simpsons, Alvin e os Esquilos, Era do Gelo, Deadpool, Uma Noite no Museu, Percy Jackson e Planeta dos Macacos, que se juntam a outras marcas como Marvel e Star Wars. Um dos objetivos da Disney com a compra é a possibilidade de criar mais conteúdos – a empresa prevê o lançamento de um serviço de streaming para 2019.

Também foram compradas na transação os braços FX Networks e National Geographic e participações de 50% na Endemol (dona do Big Brother, Master Chef e outros realities), 30% no serviço de streaming Hulu (que já tinha Disney e Fox como sócias, além de Comcast e Time Warner) e participação maior na Sky, na Europa, e Star India.

Ficaram fora da operação a Fox Broadcasting, Fox News, Fox Business, Fox Sports 1, Fox Sports 2 e Big Ten Network. As empresas formarão uma nova empresa, que será lançada em breve, ainda sob controle de Rupert Murdoch, chairman executivo  da 21st Century Fox.

 Diversidade de entretenimento

“A aquisição dessa coleção estrelada de negócios da 21st Century Fox reflete a demanda cresente dos consumidores por uma rica diversidade de experiências de entretenimento que são mais acessíveis e convenientes do que nunca”, afirmou em comunicado Robert Iger, chairman e CEO da The Walt Disney Company, que permanecerá no cargo até 2021.

Na prática, a Disney amplia seu portfólio de entretenimento de forma significativa, passando a controlar produtos que conversam diretamente com o consumidor final. A empresa também expande suas capacidades internacionais. “Isso nos permite ofereer storytelling e plataformas inovadoras de distribuição para mais consumidores em mercados importantes de todo o mundo”, analisa Iger.

A Disney espera ainda acelerar o uso de tecnologias inovadoras, com a Bamtech, como forma de criar novas formas de storytelling para o entretenimento e conexão direta com as pessoas, dando-lhes mais opções de consumir conteúdo. A previsão é de que sejam produzidos mais filmes, programas de TV e produtos relacionados às franquias, permitindo ao consumidor experiências de entretenimento mais imersivas.

FOX DISNEY

Fonte: PROPMARK