Montante foi levantado por meio do comitê de sportechs criado pela gestora para investir em soluções para o segmento de esporte

São Paulo, agosto de 2021 – A Bossanova Investimentos, micro venture capital que investe em startups em estágio pré-seed com atuação em todo o país, anuncia aporte de R$600 mil na startup Destra, antiga License Solutions. O montante foi levantado por meio do comitê de sportechs criado pela gestora para investir em soluções para o segmento de esporte, sob liderança do ex-nadador e atleta olímpico Thiago Pereira e outros investidores e esportistas renomados.

A Destra é uma startup catarinense focada no desenvolvimento de soluções para empresas que atuam no segmento de Licenciamento de Marcas. Grandes clientes, como Corinthians, Vasco da Gama, Flamengo, São Paulo, Palmeiras, Santos, Internacional, Cruzeiro, Centauro, Alpargatas, já utilizam a solução que é o braço direito dos times de vendas, marketing e financeiro para gestão de royalties e geração de novos negócios em licenciamento de marcas.

De acordo com Bruno Koerich, CEO da Destra,  o mercado de licenciamento de marcas ainda é muito analógico. Todo o gerenciamento de royalties reportados às marcas é extremamente manual, com e-mails e planilhas. Além disso, a geração de novas oportunidades de negócios é escassa em virtude da forma tradicional com que os negócios são feitos.

“Apesar de ser um mercado enorme, que movimenta mais de R$ 18 bilhões por ano no Brasil, há pouca ou quase nenhuma tecnologia no processo e a Destra é a primeira empresa brasileira de tecnologia a atuar no segmento. Por meio da nossa plataforma, automatizamos todo o processo operacional, para que as pessoas possam focar no mais importante: estratégia, relacionamento com consumidores e receitas”, explica o empreendedor.

De acordo com João Kepler, da Bossanova Investimentos, o principal objetivo da gestora com esse projeto é injetar recursos em negócios promissores no mercado esportivo brasileiro. “Poder contribuir investindo em empreendedores visionários, que utilizam o esporte como plataforma de negócios, nos deixa muito motivados a seguir nessa linha ao lado de pessoas que além de investidores são grandes atletas”, explica.

Em cinco anos, a Destra já cresceu seis vezes de tamanho, tem 40 marcas e 272 indústrias como clientes. Em 2021, a carteira total de royalties transacionados dentro da plataforma (GMV – gross merchandise volume) prevista é de R$ 20 milhões, o que significa uma movimentação de aproximadamente R$120 milhões em vendas no varejo.

Sobre a Bossanova Investimentos

A Bossanova Investimentos nasceu em 2015 com a junção do portfólio de startups investidas dos investidores-anjos João Kepler e Pierre Schurmann. Pensada para preencher uma lacuna entre os aportes iniciais que as startups recebem e as rodadas de investimento que realizam quando a operação já está consolidada. A Bossanova tem como sócios o Grupo BMG, desde 2017, o empresário Thiago Oliveira, desde 2019, o Grupo Primo, liderado por Thiago Nigro, desde março de 2021 e a partir de abril de 2021, Janguiê Diniz, da Epitychia.

 

Sobre a Destra

A Destra nasceu em 2014 com o propósito de transformar o mercado de licenciamento de marcas no Brasil por meio da tecnologia. A empresa atua com os principais clubes de futebol do mercado nacional, além de outras marcas e celebridades relevantes, como Zeca Pagodinho, Larissa Manoela e o artista plástico Luciano Martins.

Fonte: Destra