You are currently viewing Com CCXP Awards, Omelete Company quer fomentar mercado pop

Com CCXP Awards, Omelete Company quer fomentar mercado pop

Premiação segue moldes de grandes celebrações de filmes e games e visa celebrar indústria nacional

Na noite do Oscar, domingo, 27, a Omelete Company lançou sua própria premiação anual. Marcada para 14 de julho, a CCXP Awards visa celebrar produções nacionais e internacionais em 36 categorias divididas entre os setores de games, filmes, séries, livros, quadrinhos e criadores de conteúdo. Inspiradas nas grandes premiações globais, o evento visa fomentar o mercado de cultura pop.

(Crédito: Divulgação/Omelete Company)

A cerimônia acontece em um local de São Paulo ainda a ser revelado, com plateia presencial convidada e ocupará 2h30 de uma programação de até seis horas, incluindo tapete vermelho e shows, no site e redes sociais do Omelete, da CCXP e nos perfis da CCXP Awards. A empresa está em negociações para uma transmissão em plataformas de streaming, como acontece a transmissão de premiações como o The Game Awards, e em parceria com canais da comunidade. Para Roberto Fabri, VP de conteúdo e marca da CCXP, o futuro do conteúdo passa pela descentralização da distribuição e isso justifica a ativações em diversos canais.

O The Game Awards, assim como o Oscar e os festivais que ocorrem em Cannes, na França, é referência para a realização da CCXP Awards. O modelo de premiação segue semelhante aos deles. Haverá uma festa de gala, presença de celebridades, shows, homenagens póstumas e apresentação por uma personalidade conhecida, também ainda a ser revelada. Já a votação se diferencia por incluir votação popular junto a votação feita por um comitê de especialistas e pelo júri técnico.

Conforme Otávio Juliato, CCO da Omelete Company, há oportunidades de patrocínio de categoria, da premiação e da festa, que envolve produção de conteúdo pré, durante e após o evento, e haverá venda de mídia durante a transmissão e possibilidade de ação com o apresentador e influenciadores.

A nova frente de negócios dá sequência aos eventos que a empresa denominou CCXPverso, um calendário de eventos que teve início em dezembro de 2021 com a CCXP Worlds 21 e que termina em dezembro deste ano com a CCXP 22 presencial. O grupo decidiu usar a marca CCXP ao invés de Omelete para premiar os melhores da indústria pop independente da visão editorial do Omelete. “Queremos que seja um prêmio idôneo, independente e não abriremos mão da credibilidade e seriedade. Para isso, vamos convidar presidentes de júri por categorias que não tenham relação nenhuma com o Omelete e nenhuma de suas iniciativas”, explica Fabri.

Além disso, a Omelete Company aposta na credibilidade e alcance global da marca CCXP para dar visibilidade às produções brasileiras e, de fato, impulsionar esse mercado ao celebrar a indústria. “No passado, o MTV Awards fomentou, assim como a MTV, o mercado de música e principalmente de videoclipes. Esperamos que o CCXP Awards possa trazer o mesmo tipo de contribuição para o mercado de cultura pop”, descreve.

“É um grande momento de conversa e conexão entre comunidade e marcas para o primeiro semestre — as próximas edições devem ocorrer na primeira metade do ano –, alinhado com outras tantas premiações internacionais que acontecem na mesma época. Essa no entanto, com relevância e cobertura nacional, contemplando várias artes. O primeiro semestre do ano está sempre repleto de lançamentos da indústria, que nestes mais de 20 anos o que mais aprendemos com o Omelete foi investir na experiência da comunidade, e que tanto para os estúdios quanto marcas não endêmicas, estar presente na jornada do fã de cultura pop é importante, estamos criando um novo momento de demanda neste período”, complementa.

Fonte: Meio & Mensagem

 

Leave a Reply