You are currently viewing Disney lança coleção de roupas LGBT+ para crianças

Disney lança coleção de roupas LGBT+ para crianças

Gigante do entretenimento prometeu doar o dinheiro para organizações que apoiam as causas da comunidade

Loja de roupas virtual da Disney | Foto: Reprodução
Loja de roupas virtual da Disney | Foto: Reprodução
A Disney lançou uma linha de roupas LGBT+ para crianças. Anunciada na segunda-feira 16, a “Coleção do Orgulho” inclui camisetas e moletons com símbolos do movimento de esquerda, como as cores da bandeira do grupo.

Segundo comunicado divulgado pela empresa, a ideia partiu de funcionários e “aliados” LGBTs. “Trata-se de um reflexo de sua incrível contribuição e lugar no coração da Disney”, ressaltou o gigante do entretenimento, na nota. “Somos solidários com a comunidade LGBT+ em todos os lugares.”

Anúncio da coleção LGBT da Disney | Foto: Reprodução

No mesmo anúncio, a Disney prometeu doar todos os lucros da coleção para organizações que apoiam as causas gays. O dinheiro será distribuído pela empresa até o fim de junho, conhecido como o “Mês do Orgulho” nos EUA.

Os grupos designados para se beneficiar das vendas da Disney incluem a Gay Lesbian and Straight Education Network, que defende “criar escolas e ambientes de aprendizado seguros e afirmativos para todos os alunos queers”, e The Trevor Project, um recurso de prevenção de suicídio para jovens LGBT+.

Disney lança coleção de roupas LGBT em meio à disputa com conservadores

No mês passado, o governador da Flórida, Ron DeSantis, tirou da Disney privilégios administrativos que a empresa desfrutava desde quando era um pequeno negócio e precisava de isenção fiscal. O fim da relativa autonomia administrativa tem por contexto a disputa entre DeSantis e a Disney em virtude de uma lei que proíbe a ideologia de gênero nas escolas.

A direção de esquerda da Disney reagiu à lei, fez críticas severas ao governo e passou a atuar politicamente para difamar a nova norma. Em meio à queda de braço, Abigail Disney, herdeira da empresa, defendeu a importância de a empresa guinar à esquerda, em críticas ao que chamou de “neutralidade”.

Leave a Reply