You are currently viewing Marcas de luxo veem solução contra a falsificação em tecnologia das criptomoedas

Marcas de luxo veem solução contra a falsificação em tecnologia das criptomoedas

Grifes famosas se unem e encontram na tecnologia por trás das criptomoedas a solução para combater falsificações. Aura Blockchain Consortium, plataforma dedicada à indústria de artigos de luxo, criada em abril de 2021, é responsável por desenvolver produtos virtuais gerados por marcas consagradas. A organização pretende facilitar o uso da tecnologia blockchain pelas empresas, de modo a proteger seus produtos, o valor da marca e consumidores. O intuito é combater a pirataria, crime que causou cerca de US$ 98 bilhões (R$ 513 bilhões) de prejuízos em 2017.

“O objetivo da Aura é facilitar o uso para marcas de luxo.” Explica Daniela Ott, secretária geral do Aura Blockchain Consortium. A tecnologia cria um certificado digital de autenticidade para os produtos das 20 marcas que utilizam a solução da Aura. Empresas como Louis Vuitton, Mercedes Benz, Bulgari e Hublot, agora podem, através da blockchain, garantir aos consumidores a originalidade dos produtos que eles estão adquirindo.

Mercedes benz é uma das marcas que aderiu a tecnologia por trás das criptomoedas, a blockchain, para combater falsificações de produtos (Imagem: Reprodução/Pixabay-saipano)

Contudo, Daniela Ott, alerta que a tecnologia tem limitações, e que informações inseridas na blockchain precisam ser confiáveis para garantir a autenticidade dos dados. Por isso, segundo ela, “se a marca não tiver um bom relacionamento com o fornecedor, a blockchain não ajudará”.

O sistema utilizado pela Aura cria um “gêmeo digital” para os produtos das empresas que participam do consórcio. O software desenvolvido pela organização registra as informações de itens físicos como roupas ou joias, e os insere na blockchain.

São dados referentes ao tipo, origem da matéria-prima utilizada na fabricação, além também de informações que determinam onde, quando e quantos itens foram fabricados. A tecnologia blockchain usa “criptografia ao nível de banco” e é “impossível de falsificar”. A técnica permite a criação de um certificado digital que impossibilita a ação dos falsificadores. De acordo com Daniela, esse processo pode dar a empresas, e principalmente aos consumidores, um alto grau de confiabilidade.

Todas as informações registradas na blockchain são acessíveis por meio de página na internet, ou aplicativo para aparelhos celulares. Os consumidores poderão conferir os dados que atestam a origem do produto; e ter a confiança que estão adquirindo um item legítimo.

Confiança na tecnologia blockchain

A Aura Blockchain Consortium não é o único projeto baseado na tecnologia das criptomoedas lançado para combater a pirataria e o mercado de falsificações. Outra plataforma também voltada para o mercado de marcas de luxo é a “Y Platform”.

Empresas em todo o mundo estão percebendo o potencial de uso da tecnologia blockchain (Imagem:Reprodução/Envato-Prostock-studio)

Ela foi criada pela Yaliyomo, uma empresa alemã, que também percebeu a necessidade do setor de grifes famosas combater as falsificações. Segundo a organização cerca de 60 a 70% do mercado sofre com a pirataria. Nesse sentido, a Y Plataform, pretende usar a tecnologia blockchain para rastrear toda a cadeia de produção.

O CEO da empresa, Nihat Arkan, em entrevista para o site Mobile Payments Today, explica que os casos de uso da tecnologia blockchain vão além de ser uma ferramenta ligada as criptomoedas. Segundo ele, há muito mais utilidades.

Nihat explica sobre duas vantagens da blockchain. Uma delas é por ser a tecnologia de dados mais segura e acessível que existe atualmente. É impossível alterar qualquer informação registrada, além disso, permite que qualquer pessoa possa acessar as informações. Para ele, é algo de fato importante, pois ajuda a desenvolver um elo de confiança entre vendedor e comprador.

A segunda vantagem, explica ele, é que em específico para o setor de logística, a blockchain oferece uma maneira de guardar um histórico dos dados, visto que não precisa apagar informações antigas, como é atualmente. É possível acompanhar dados antigos, até chegar aos novos. Esse tipo de usabilidade não existe em outras ferramentas disponíveis no mercado.

Segundo um estudo, da consultoria Brandessence Market Research, a tecnologia blockchain está crescendo, e tem sido considerada um dos maiores avanços tecnológicos dos últimos anos. O mercado global do setor faturou cerca de US$ 4,62 bilhões (R$ 24 bilhões) ano passado e deve atingir US$ 173,68 bilhões (R$ 900 bilhões) até 2028.

Fonte: cnn

Leave a Reply