Apesar da marca, recepção dividida do público deve impedir Episódio IX de alcançar cifras de O Despertar da Força e Os Últimos Jedi

Lucasfilm/Disney/Divulgação

Star Wars: A Ascensão Skywalker, o Episódio IX da franquia galáctica, passou, nesta terça (14/01/2020), de US$ 1 bilhão na bilheteria mundial. Apesar da marca importante e, diga-se, já esperada pela Lucasfilm/Disney, o desempenho do filme de J.J. Abrams é inferior ao dos outros dois capítulos principais da saga estelar, Os Últimos Jedi (2017) e O Despertar da Força (2015).

Ambos os filmes terminaram suas passagens pelo cinema arrecadando US$ 2,068 bilhões e US$ 1,33 bilhão, respectivamente. A Ascensão Skywalker levou 28 dias para alcançar a cifra bilionária, enquanto Despertar e Jedi precisaram de apenas 12 e 19 dias.

A Ascensão Skywalker deve superar, em breve, a bilheteria de Rogue One: Uma História Star Wars (2016), que amealhou US$ 1,056 bilhão. Mas dificilmente conseguirá bater os números de Os Últimos Jedi. A pior arrecadação da franquia pertence a Han Solo: Uma História Star Wars (2018), com US$ 393 milhões.

Fonte: Metropole