No ar desde 2017, canal voltado à crianças em idade pré-escolar começará a veicular anúncios nos breaks e projetos especiais

Bárbara Sacchitiello
2 de março de 2021 – 11h53

“Vera e o Reino do Arco-Íris”, uma das animações do canal (Crédito: Divulgação)

Lançado em 2017 com a proposta de levar conteúdo para as crianças na idade pré-escolar, o canal infantil Gloobinho abrirá, pela primeira vez, sua grade de programação para a inserção publicitária. A partir de 1º de março, o canal dá início às entregas ao longo da grade, além de planejar ofertas casadas com canais e veículos de outras unidades do Grupo Globo.

A demora para trabalhar o canal comercialmente teve uma razão de acordo com Manzar Feres, diretora comercial da Globo. Apesar do tempo no ar o canal ainda não estava distribuído integralmente nas operadoras de TV por assinatura. “Com o incremento recente da base na Claro TV, entendemos que era o momento certo para abrir a comercialização e oferecer esse espaço estratégico para os anunciantes, garantindo o maior alcance possível. A partir de agora, além de dialogar com o target do Gloob, as marcas vão poder direcionar suas mensagens publicitárias para pais e cuidadores no canal pré-escolar da Unidade Infantil da Globo”, diz a executiva.

Essa abertura à publicidade, segundo a companhia, está alinhada com a proposta de proporcionar um ambiente saudável e ético para a audiência, conforme explica Tatiana Costa, diretora geral da Unidade Infantil da Globo. “Quando se trabalha com crianças, o cuidado precisa ser redobrado. Nossas marcas vêm construindo um posicionamento bastante consistente ao estimular valores positivos, práticas saudáveis, além de garantir o protagonismo das crianças brasileiras através de conteúdos que abordem temas como amizade, respeito às diferenças, afeto e colaboração”, diz. Tatiana esclarece que o Gloobinho está alinhado às determinações do Conar a respeito de publicidade no ambiente infantil e que possui um departamento de controle para que as normas sejam respeitadas. Entre os formatos oferecidos pelo canal estão soluções de patrocínio, conteúdo customizado, faixas personalizadas e projetos especiais.

Assim como já trabalha a comercialização do Gloob, a ideia do Gloobinho também é reunir anunciantes interessados em dialogar com pais, responsáveis e cuidadores, que compõem boa parte da audiência do canal. Segundo Tatiana Costa, oito em cada 10 crianças assistem TV acompanhadas de um adulto, principalmente em canais voltados ao público pré-escolar. “Os anunciantes podem se conectar ainda mais com esse público ao criarem experiências que extrapolam um simples anúncio publicitário, podendo desenvolver conteúdos e projetos especiais voltados para o público, com o intuito de construir memórias afetivas para a família”, pontua.

Fonte: Meio & Mensagem