Estudo Barômetro Covid-19, da Kantar, aponta as expectativas do público para o fim do isolamento e os hábitos adotados durante a crise

19 de maio de 2020 – 14h25

Segundo dados da Kantar, 76% dos brasileiros já sentiram o impacto do coronavírus nas suas rotinas (Crédito: Chee Gin Tan)

Para entender o comportamento e os hábitos do consumidor durante o isolamento, a Kantar desenvolveu o Barômetro Covid-19. Em sua quarta onda, que avaliou a última semana do mês de abril, o estudo apontou que 76% dos brasileiros já sentiram o impacto do coronavírus nas suas rotinas e 58% se preocupam com o futuro.

Para chegar a esses resultados a companhia ouviu mais de 25 mil consumidores, em 30 mercados. Entre os fatores que mais fazem falta durante o isolamento, 50% dos respondentes citaram a possibilidade de sair de casa. A liberdade e as interações sociais aparecem na sequência.

O levantamento também investigou os hábitos que estão sendo adotados nesse período. Com mais tempo em casa, 48% dos entrevistados afirmaram estar dormindo mais, 44% estão dedicando tempo à leitura, 43% focando no desenvolvimento pessoal e 36% evitando os noticiários.

(Crédito: Kantar/ Divulgação)

Os entrevistados dividiram as suas expectativas para o fim da pandemia. Encontrar os amigos é o desejo de 52% do público. Rever a família aparece na sequência com 49% das intenções. Dar uma volta a pé (45%), ir a um restaurante ou bar (36%) e praticar esportes (36%) também estão entre as prioridades.

(Crédito: Kantar/ Divulgação)

A Kantar chama atenção para o uso das redes sociais no período. Segundo a companhia, o Brasil foi o país que mais usou o humor na internet para lidar com a pandemia — 45% dos usuários estariam fazendo memes e piadas, 32% usando as redes para falar sobre a rotina e 9% teriam expressado medo.

*Crédito da foto no topo: iStock

Fonte: Meio & Mensagem