A Era Uma Vez o Mundo, negócio de impacto social, que nasceu em 2017, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, para suprir a falta de produtos voltados para as crianças negras, vai deixar de ser apenas virtual e ganhar uma loja física.

No dia 16 de fevereiro, será lançada no Espaço Andradas 22, no Centro, a primeira loja de bonecas negras do Brasil.

O projeto que é acelerado pelo Instituto Ekloos, em parceria com o Oi Futuro, terá como destaque a boneca Dandara, a famosa heroína, mulher de Zumbi dos Palmares, queridinha do público.

Vale lembrar que esta peça já homenageou muitas personalidades como as atrizes Cris Vianna e Ruth Souza e o boneco para o Lázaro Ramos.

“Nossa boneca Dandara será o destaque de vendas, com mais de 15 estampas e modelos diferentes de roupinhas feitas com tecido africano exclusivo. Ela custará 80 reais, havendo ainda a possibilidade de personalizá-la, a partir de 65 reais. Apesar da oferta de bonecas negras ter aumentado nos últimos três anos, ainda temos apenas 7% de oferta de bonecas negras pela indústria nacional. Encontrar uma boneca negra em uma loja física ainda é bastante difícil. Entendemos que o público consumidor tem a necessidade de poder ver, tocar e avaliar o produto antes de comprar, ainda mais em se tratando de um item ainda tão raro no mercado.”, explica Jaciana Melquiades, uma das fundadoras do projeto.

O evento de inauguração será um coquetel que organizamos para recebermos os clientes e convidados, com venda dos nossos produtos. “Esperamos faturar um milhão de reais no ano de 2019, vendendo mais de 10 mil bonecas no ano, considerando as vendas da loja física e on-line.”, complementa Jaciana.

Feliz com a fase promissora que a empresa vive, Jaciana também revela a importância de ter o apoio da aceleração neste momento. “O programa de aceleração tem nos dado confiança. Poder contar com um time de profissionais nos aconselhando e nos fazendo ver além das nossas experiências cotidianas é extremamente rico. Além de validarem muitas qualidades que víamos em nós, nos dão os contrapontos necessários pra gente fazer críticas e auxiliam nas nossas tomadas de decisão.”, finaliza Jaciana.

A atriz, cantora e ativista Zezé Motta é uma das apoiadoras desta causa e diz “Por mais atitudes e empreendedorismos assim!”

Fonte: Promoview.