O cartunista Mauricio de Sousa será homenageado pelo Senado na terça-feira (17), em reconhecimento a sua obra em favor da inclusão social das pessoas com deficiência. Quatro personagens da Turma da Mônica estarão com ele no evento, que reunirá no Auditório Petrônio Portella, a partir das 14h30, cerca de 200 crianças com deficiência que estudam em escolas públicas do Distrito Federal e em instituições conveniadas com o governo local.

Além dos personagens Mônica e Cebolinha, estarão no evento Luca (menino cadeirante inspirado nos atletas paralímpicos e fã de Herbert Vianna, vocalista do Paralamas do Sucesso que ficou paraplégico) e Dorinha (garota cega inspirada na educadora Dorina Nowill, criadora da Fundação Dorina Nowill para Cegos).

A Mauricio de Sousa Produções define o evento como meeting, que consiste em três momentos: apresentação dos personagens, que poderão ser fotografados com as crianças; pronunciamento de Mauricio de Sousa; e, por último, a exibição de Cine Gibi, série animada com sete episódios envolvendo os personagens mais conhecidos da Turma da Mônica. A animação tem duração de 71 minutos.

Requerimento

O requerimento para a homenagem foi aprovado nesta quarta-feira (11) pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Autor da proposição (REQ 112/2019), o senador Eduardo Gomes (MDB-TO) disse que, com Mauricio de Sousa, as crianças têm tido a oportunidade de brincar com personagens infantis com algum tipo de deficiência.

— A inclusão social surgiu na obra de Mauricio de Sousa no início dos anos 1990. [As personagens] são, antes de tudo, crianças, que desmontam preconceitos e nos tornam mais inteligentes e mais felizes, o que só os gênios fazem. Devemos muito a ele — afirmou Eduardo.

Senador ressalta que o talento do cartunista é reconhecido há mais de 50 anos, por ser autor de obras de alto valor literário, estético e moral.

— Ele oferece às nossas crianças, beleza, amizade, tolerância, compreensão, alegria e inteligência, entre outros valores que capacitam para o bom convívio humano e para a cidadania democrática. Trata-se, em suma, de um grande artista e de um excepcional brasileiro.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Agência Senado

Fonte: Agência Senado