Após 13 anos separadas, empresas voltam a unir forças novamente

Separadas desde 2006, CBS e Viacom fecharam acordo para uma fusão que irá unir novamente duas gigantes da mídia em uma transação de US$ 11,7 bilhões.

A nova empresa terá o nome mudado para ViacomCBS. Ambas são controladas pela família Redstone. Os acionistas da CBS deterão 61% das ações da empresa combinada.

O acordo une o canal de TV aberta mais assistido dos EUA, CBS, com programas como “60 Minutes” e “The Big Bang Theory”, à proprietária do estúdio de cinema Paramount Pictures e de diversos canais de TV a cabo.

A nova companhia será comandada por Bob Bakish, atual CEO da Viacom e que assumirá a posição de presidente e CEO da ViacomCBS. Já Joe Ianniello, atual CEO da CBS, assumirá o cargo de presidente do conselho de acionistas e CEO. Shari Redstone, que foi a responsável pela fusão, ocupará o cargo de conselheira na companhia.

Como a CBS possui uma série de canais abertos – além do serviço de streaming CBS All Access – e a Viacom é dona de alguns dos mais famosos canais da TV a cabo (como MTV, Comedy Central e Nickelodeon) – além da Paramount Pictures, que produz filmes para o cinema -, a fusão automaticamente tornará a ViacomCBS numa das gigantes da mídia, e dará à nova empresa toda a estrutura necessária para competir em um mercado dominado por empresas como Disney e WarnerMedia.

A nova empresa, decerto, ou irá incrementar o serviço de streaming da CBS que já existe, o CBS All Access, ou irá anunciar algo novo. É esperar para ver.

Fonte: Propmark.